Missao visao valores
O que é Missão, Visão e Valores empresariais
21 de agosto de 2016
retencao de talentos
Retenção de Talentos: como funciona
21 de agosto de 2016
Exibir tudo

É possível ter prosperidade fazendo o que você mais ama?

ter prosperidade fazendo o que ama

(entrevista para a Revista Naturale)

Provavelmente você já identificou o que mais ama fazer.

Ou encontrou até mais de uma atividade.

E talvez esteja em dúvida se é possível se dedicar a isto sem ficar preocupado se conseguirá ou não gerar sua autonomia ou liberdade financeira.

É possível que você já tenha desistido de tentar e se adaptou a um trabalho que não ama (ainda que goste um pouco) em troca de uma (suposta) segurança financeira.

Você já percebeu à sua volta quantos casos semelhantes a este, de adaptação por preguiça, medo, falta de confiança ou dúvida, acabam se materializando no que mais estas pessoas temiam? Igualmente passaram dificuldades econômicas. Igualmente foram demitidas (inclusive empresários são “demitidos” de seus colaboradores ou de seus clientes) porque entregavam um trabalho medíocre ou não tão extraordinário quantos os concorrentes.

Você já investigou os “casos de sucesso” no sentido de serem pessoas que se dedicaram ao que amam e conseguiram ser bem sucedidas financeiramente? Que pelo menos geraram o suficiente para suas necessidades básicas, para investir em seu desenvolvimento e para ter tempo de qualidade com suas famílias, seus amigos e para apoiar a sociedade.

Investigue e vai se surpreender. Em primeiro lugar, no mundo atual existem milhares de casos de pessoas que prosperaram fazendo o que amam. A maioria delas precisou confrontar e redesenhar suas crenças e emoções a respeito de si mesmas, do trabalho, do dinheiro e do mundo. Precisou investir um tempo em se experimentar e se conhecer, para saber ao certo quais eram seus talentos, dons, virtudes, valores, missão, sonho para então alinhar e canalizar tudo isto.

 ter prosperidade fazendo o que ama2

Uma minoria nasceu em “berço de ouro”, ou seja, seus pais ou educadores lhes transmitiram desde que eram pequenos a crença positiva de que nasceram para ser felizes e canalizarem suas fortalezas através do trabalho para contribuir com o mundo em troca da prosperidade necessária para suprir suas necessidades e realizar seus sonhos. Estes tutores foram exemplos vivos destes princípios e as direcionaram ao mesmo nível de realização.

É certo que a maioria das pessoas recebem desde crianças outro tipo de mensagem que acaba ficando gravada no subconsciente: a de que o mundo é um lugar de sofrimento; que a vida é injusta; que o trabalho é um fardo, uma obrigação, um mal necessário; que é preferível ter um salário fixo baixo ou mediano em troca de segurança;  que é bom ter um salário alto mesmo se você não faz o que ama, se não contribui com o mundo, se vira escravo do seu trabalho e acaba tendo problemas de saúde ou de relacionamentos etc.

Mas é possível purificar, limpar a mente destas crenças e das emoções negativas associadas (medo, raiva, tristeza, insegurança, inveja etc.)

Então vou entregar 4 passos para você que realmente deseja e está comprometido em conquistar um “trabalho que ama e lhe dá prosperidade”. Em cada passou ou etapa você vai precisar da orientação de um (ou mais) especialista diferente.

1) Desintoxicação: é a primeira etapa e consiste em se purificar a nível físico, emocional, mental e espiritual. Você vai precisar do apoio e orientação de terapeutas de vários tipos, em especial dos “integrais” que têm a visão ampla e ferramentas que abarcam sua totalidade. E vai precisar muito do apoio e amizade da natureza, fonte de energia vital e harmonia.

2) Autodesenvolvimento: é a etapa de se conhecer, descobrir seus valores e princípios, ativar e desenvolver suas fortalezas e neutralizar suas debilidades, descobrir e se comprometer com sua missão e seu sonho mais amado (algo que vá além do seu ego e tenha a nobreza de beneficiar aos demais), investigar no mercado e no mundo as oportunidades para você e planejar como irá se realizar. Também é a etapa de desenvolver as atitudes e competências que lhe faltam para triunfar. Você vai precisar do apoio e orientação de coaches, consultores e instrutores.

3) Autorrealização: é a etapa de realizar sua missão e visão, usando ao máximo suas fortalezas e honrando seus valores. Também é a etapa de trabalhar em equipe e parceria com pessoas  afins para multiplicar sua capacidade de obter resultados. Sem esta etapa, as anteriores não valeram de nada. Aqui você vai materializar o que já é real em sua mente e espírito. Vai precisar do apoio e orientação de um coach e de um mentor.

4) Ensinar: é a etapa de passar adiante o que você aprendeu por experiência própria. Apoiar e orientar a outros que estão buscando o mesmo que você buscou e encontrou. Se tornar coach, consultor, instrutor e/ou mentor. Nesta etapa é quando você mais vai aprender, e vai sentir a maior felicidade de fazer outros felizes . Vai obter ainda mais prosperidade ao ensinar outros a serem prósperos. Você vai precisar do apoio e orientação de um mentor de mentores.

Uma das partes mais importantes de todo este processo é descobrir, ativar e desenvolver seus talentos, porque como diz meu mentor Suryavan Solar, fundador de Condor Blanco Internacional, “seus talentos são seu maior tesouro e custodiam seu poder pessoal”.

A combinação de seus talentos indicam claramente em que tipo de atividades profissionais você mais pode se destacar e contribuir. É possível (e necessário) mapear a “configuração” de cada talento, ou seja, em que condições produz um desempenho melhor (lugar, ferramentas, pessoas, horário, temas etc.).

Se você fizesse uma lista de todas as atividades que já realizou em sua vida, tanto no campo profissional quanto fora dele, e marcasse com uma cor diferente aquelas que amou fazer… que % acha que seriam?

E se marcasse as atividades em que teve naturalmente um ótimo desempenho e resultados?

Que % seriam as atividades onde estivessem unidos “amor ao que faz” e “desempenho naturalmente fora do comum”?

Pois estas atividades seriam os campos dos seus talentos, onde mais pode crescer, contribuir, ganhar dinheiro e ser feliz.

Então afirmo que é possível ser próspero fazendo o que você ama e deixando sua marca brilhante no mundo, seu legado. Há certamente um trabalho interno e externo a fazer, o qual dá o sabor da conquista. Anime-se, faça um plano de ação para seu desenvolvimento integral e busque quem possa lhe apoiar a realiza-lo.

Faça o seu coração cantar! Faça os corações dos outros cantar!

Ser feliz é o que importa, e o que diferencia a felicidade de um prazer ou satisfação passageiro é que a felicidade vem do autoconhecimento e autodesenvolvimento e passa pela compaixão e generosidade.

 Abraços nos seus Talentos!