aniversario Maksuri
O nascimento que mudou minha vida
24 de março de 2017
IMG_3298
A magia de criar com palavras de poder
3 de julho de 2017
Exibir tudo
confissoes de uma RH

Há poucos dias tive a oportunidade de conversar com uma profissional que atuou por muitos anos na área de RH em médias e grandes empresas.

Em um clima de confiança e honestidade, aconteceu a seguinte conversa entre nós.

Ela me autorizou publicar para compartilhar com quem se interesse em refletir sobre como melhorar a Gestão de Pessoas nas organizações.

 

Maksuri: Por favor, desde a tua experiência na área de RH, quais os maiores desafios que você acha que os RHs tem, e como acha que eu posso apoiá-los melhor?

 

RH: Baseando-me na experiência vivida em RH, creio que um dos grandes desafios seja alinhar às pessoas ao lucro que a empresa tem de apresentar mediante seus resultados.

E alinhar isso é bem desafiador, pois os gestores tem de internalizar essa missão para poder contagiar a sua equipe de trabalho.                        

Percebi também que os gestores em primeiro lugar devem fazer um trabalho consigo mesmos de autoconhecimento. É crucial o olhar para dentro de si, a fim de entender e reconhecer suas fortalezas e seus gaps e preencher esses gaps de existência humana.                        

Pois percebi muitos gestores perdendo a rédea da liderança por não saberem nem liderar-se a si próprios pelo fato de não serem conscientes de quem são.                        

Portanto, nos dias de hoje penso ser crucial o autoconhecimento para avançar em águas mais profundas. 

Quando nos conhecemos de verdade fica bem mais fácil lidar com o outro é trazê-lo para perto de nós. Visto que, no meu entendimento é esse um dos papéis dos gestores, trazer sua equipe para junto de si, pois através dessa equipe que se alcançará os resultados positivos tão esperados em todas as organizações.                        

O ser humano ainda continua sendo peça fundamental nessa via, nessa busca.                        

Pois acredito muito que sendo um grande ser humano pode-se chegar ao topo como um grande profissional.

 

Maksuri: Legalmente o único propósito de uma empresa é o lucro e como “pessoa jurídica” a empresa tem o livre arbítrio de focar tudo no lucro.    

Esse paradigma empresarial tem permitido que os donos das empresas e seus acionistas coloquem sempre em primeiro lugar o lucro.                        

Então justifica reduzir custos de várias formas: pagar mal os funcionários, não dar benefícios ou dar poucos deles, diminuir a qualidade dos produtos e serviços, contratar mão de obra desqualificada ou escrava,                        

Em casos mais graves, corrupção, adulteração dos produtos (como no caso das carnes recentemente denunciado).                        

Também justifica sobrevalorização cobrando muito mais do que o produto ou serviço vale, investir em ações em cigarro, alcohol, drogas, armas, tráfico de crianças, órgãos, prostituição etc                        

Justifica explorar ao máximo os funcionários e pressionar ao máximo seus líderes, produzindo estresse, baixa qualidade de vida, baixa autoestima, medo e por tanto controle                        

Quantas pessoas não têm tempo e/ou dinheiro para desfrutar da suas vidas, suas famílias, amigos, para meditar, estudar em seu desenvolvimento pessoal, fazer filantropia porque são escravos do trabalho nas empresas,                        

Não é à toa que 70% dos executivos e presidentes de empresas no brasil sofrem de depressão segundo a psicóloga Betania Tanure.                        

A maioria das empresas não é sustentável e afeta negativamente o meio ambiente e a comunidade.           

Vivem no egoísmo e na competição, pois se a meta é o lucro, cada um quer lucrar mais que o outro.           

O que vc acha disso tudo?

 

RH: Você foi bem assertivo no seu olhar, pois foi mais além…

Percebeu a postura dos escalões de cima.                        

Àqueles onde a parcela de comprometimento é bem maior.                        

Pois, são os precursores do efeito cascata.                     

Eles ditam e os demais gestores copiam.                        

Infelizmente, é o que vemos no nossos quadro corporativos.

 

Maksuri: Se esse paradigma louco domina os escalões superiores, os RHs que se esforçam em adaptar às pessoas a isso também estão loucos e fora do equilíbrio natural. Estão contribuindo para crise mundial que estamos vivendo e ameaça a sobrevivência da humanidade no mundo, e mais ainda, sua evolução.

 

RH: Seus principais líderes estão doentes da mente, espírito e consequentemente do corpo.

 

Maksuri: Os que obedecem são tão responsáveis quanto os que mandam. Exato!

 

RH: Com certeza!

Por isso que chegou um momento de minha vida em que eu quis romper com isso e sair o mais urgente possível da área de RH.

 

Maksuri: Felizmente apesar de ser uma minoria, cresce a cada dia à quantidade de empresários, lideres, RHs e colaboradores que buscam alternativas e Soluções.

 

RH: Pois percebi que aquilo lá não me cabia mais, eu também estava entrando nessa vibração… Eu estava ficando doente.

 

Maksuri: E a quantidade de empresas que estão mostrando que podem ser lucrativas colocando em primeiro lugar a missão nobre de servir a humanidade e a natureza com princípios e valores universais, de forma sustentável.            

Produzindo produtos e prestando serviços que levem de verdade saúde e não doença, prosperidade e não pobreza, Felicidade e não tristeza, sabedoria e não ignorância, espiritualidade e não materialismo, união e não conflito, cooperação e não competição,                        

Coragem e não medo, paz e não ódio, honestidade e não mentira.                        

Simplicidade, humildade e não ambição arrogante.                        

Amor e não Divisão.                        

Muitos achavam que não era possível isso nas empresas. Que afetaria o lucro.

 

RH: Mas, creio muito ser possível tudo isso…

 

Maksuri: Mas o mundo está tão caótico e infeliz. Tantas espécies foram extinguidas ou estão em risco de extinção devido à intervenção humana, a terra está podre, a água tóxica e o ar envenenado.

 

RH: Basta, uma pessoa começar.

E até creio que esse movimento já começou.                        

Percebo algumas pessoas já nesse movimento.                        

Você, eu, Najla, Maíra, Marla…                        

E muitas outras que tenho encontrado ultimamente.                        

Basta nos unirmos e vibrar ainda mais positivamente para que outras pessoas sejam também contagiadas com essa energia

 

Maksuri: Que se multiplicam as empresas que oferecem fontes renováveis de energia a um valor justo; comida a preço justo saudável orgânica e que não mata animais; tecnologia não poluente e até ecológica e que seja usada para benefício de todos e a preço justo; terapias e técnicas de desenvolvimento humano genuíno com abordagem integral holística e a preço justo.

O poder econômico deveria estar nas mãos das pessoas conscientes, éticas, bondosas e que servem a luz.

 

RH: Super concordo.

Creio que mudanças já estão acontecendo.

 

Maksuri: Mas estas pessoas em sua maioria se haviam afastado do poder econômico ou o evitado por estarem subjugadas por um paradigma que dividia o mundo prático da sobrevivência e carreira profissional, do mundo ideal da evolução e irmandade Entre todos os seres.      

Felizmente muitos estão despertando para ver essa ilusão em que acreditaram por tanto tempo, e vendo que a vida é um todo indivisível com seus aspectos material, emocional, mental e espiritual.                        

E que além de tantas diferenças Entre cores de pele, religiões, crenças, experiências, níveis sociais, econômicos, educacionais etc.no fundo todos estamos buscando a Felicidade e querendo nos libertar do sofrimento. Todos no fundo sabemos o que é o certo a fazer. Apenas ficamos controlados pelos medos, dúvidas, apegos e crenças dos nossos egos.                        

Então vamos voltar à questão: de que forma você acha que o método Passion and Talents pode abordar os RHs e líderes para despertar neles essa consciência (se já não a tiverem) e apoiá-los a transformar a si mesmos, suas empresas e o mundo, gradualmente?                        

Como posso fazer o link entre os desafios que eles estão tendo no dia a dia, e os benefícios deste método?                        

Quando uma pessoa descobre seus dons e talentos, tem a oportunidade de compreender quem ela é, qual sua verdadeira identidade. Também de descobrir como ela pode fazer a diferença no mundo em que vive, usando seus dons e talentos para contribuir, agregar valor.

 

RH: Acredito que sua ferramenta já é um grande passo nesse propósito… É uma grande oportunidade dos gestores se descobrirem quem realmente são e baseando-se nisso trabalharem-se, a fim de se melhorarem como pessoas e consequentemente como profissionais.

 

Maksuri: É a oportunidade de se unir a outras pessoas que têm a mesma missão e visão de futuro, mesmos valores, e cujos dons e talentos são complementares.       

Você tem razão. Quando uma pessoa faz seu MTOL Mapeamento de Talentos Online, lê seu relatório e recebe a sessão devolutiva, ela desperta essas coisas. E tem mais clareza de seu propósito de vida e sonho profissional. Entende como pode ser feliz, sentir motivação no dia a dia, ser altamente produtiva, engajada na equipe e na empresa, usar sua criatividade e tomar iniciativas que geram os resultados esperados e até inesperados.

Quando a pessoa conta com o apoio do coach de talentos em sessões periódicas então fica muito mais garantido que ela não desanime frente às adversidades e que consiga realizar na prática sua missão, seus sonhos e seus valores.                        

Sabemos desses resultados maravilhosos.                        

Lucro é consequência.

Lucro compartilhado com todos. Sem ambição ou medo doentia de ter mais do que precisa.                      

A felicidade está na simplicidade e no compartilhar.

 

RH: Acredito muito nisso também.

 

Maksuri: Muito grato por suas palavras.

Te convido a participar no workshop online gratuito que darei sobre Coaching de Talentos, e vou colocar nas vídeo aulas o problema sobre o qual nós conversamos aqui, e mostrar soluções. Se inscreva aqui: www.maksuri.com/workshop