retencao de talentos
Retenção de Talentos: como funciona
21 de agosto de 2016
afinal o que sao talentos e para que servem 3
Afinal o que são os Talentos e para que servem?
28 de agosto de 2016
Exibir tudo

Gestão de Talentos e Competências para resultados extraordinários

gestao de talentos e competencias para resultados extraordinarios3

Gestão de Talentos e Competências

Palavras poderosas. Mas o que realmente significam?

  • Gestão evoca administração, liderança.
  • Talentos por sua vez evoca alto desempenho, alta motivação, paixão, facilidade natural, resultados extraordinários, aportes brilhantes, contribuições impactantes.
  • Competências são conhecimentos, habilidades e atitudes aprendidas pelo estudo e pela prática, e que ao serem unidos produzem um resultado desejado em uma atividade ou área.

As pessoas com desempenho extraordinário são aquelas que lograram desenvolver seus talentos e competências de forma alinhada e enfocada em resultados. Sobretudo quando também aprenderam a trabalhar em equipe fazendo sinergia com os talentos e competências de outras pessoas.

Toda organização deseja ter líderes e colaboradores talentosos e competentes. No entanto, apesar de tanto se falar de Gestão de Talentos no ambiente organizacional, a realidade é que sempre parecem faltar os talentos e competências necessários. Principalmente quando se refere aos comportamentais, que são aqueles que mais determinam o sucesso ou fracasso hoje em dia, e possivelmente mais ainda no futuro.

Há um conjunto de razões para isto, mas quero destacar as seguintes, que considero as raízes desta escassez.

Primeiramente, vamos falar sobre a educação nos tempos atuais. Está obsoleta, ultrapassada. Foi criada na época da era industrial para formar trabalhadores braçais e gerentes-capatazes. As escolas parecem indústrias: campainhas tocam para entrar, fazer pausa e sair; todos são tratados de forma massiva: têm horários coletivos, precisam obedecer as regras, usar uniformes, adaptar-se aos métodos didáticos e conteúdos, que são os mesmos para todos e serem avaliados da mesma maneira!

Os alunos ficam na mesma classe de outros de sua idade e classe social fortalecendo assim uma mesma maneira de pensar e agir.

No currículo as matérias que usam a lógica, a matemática e a linguística são mais valorizadas que as demais matérias. Se estimula a competição. Se aprende uma matéria de cada vez, produzindo visões unilaterais.

O resultado deste tipo de educação na época em que estamos, da era do conhecimento e do talento, é a realidade que vemos: 70% da população mundial sofre de desmotivação no trabalho e depressão na vida.

A educação deveria ser individualizada, com base nos talentos, dons, virtudes, valores, afinidades, interesses e sonhos das crianças e adolescentes. Deveria se basear em aulas multidisciplinares, em ambientes mais abertos e reais, com métodos mais práticos e cooperativos, mesclando alunos de diferentes idades, classes sociais, religiões, partidos políticos, ensinando valores como o respeito mútuo, a sustentabilidade do planeta, a evolução da consciência humana etc.

Em uma educação assim, bem cedo iniciariam os estágios nas áreas e domínios onde cada um tem seus principais talentos, valores, interesses e sonhos. Cada um descobriria sua missão, onde, com quem, como e para quem desejaria contribuir, agregar valor.

Teríamos um mercado de trabalho bem diferente: as pessoas felizes no que fazem, a prosperidade circulando para todos, o reconhecimento e premiação de acordo com os méritos, a sabedoria da experiência positiva, uma vida de significado e paz interior. Se assemelharia a um corpo sadio onde os átomos, moléculas, células, órgãos e sistemas trabalham em harmonia entre si e com a mente.

Quando aos talentos naturais são acrescidas as competências e experiências que os enriqueçam, os resultados são surpreendentes! Observe organizações como Cirque du Soleil, Apple, Microsoft, Google e tantas outras que estão demonstrando como isto é possível!

Mas a maioria das organizações segue contratando ou formando pessoas cujas competências e funções se desalinham com seus verdadeiros talentos, missões e sonhos. Quanto desperdício de potencial humano!

Peter Drucker, o pai da administração moderna, disse: “Não force a natureza das pessoas. Aproveite seus talentos. Transforme o bom desempenho natural em um desempenho excelente, em vez de tentar corrigir deficiências e transformar um mau desempenho em bom.” Mas ironicamente, a maioria dos executivos e gestores não faz isto. Por isto Drucker depois disse: “A maioria das organizações se esforça em acabar com a criatividade e o potencial de seus colaboradores.”

Prevenir é melhor que remediar. Mas quando a doença já está instalada, precisamos agir com rapidez para curá-la ou ao menos minimizar os efeitos negativos.

No ambiente das organizações significa fazer uma verdadeira Gestão de Talentos. Atrair ou formar as pessoas certas para cada função. Atrair ou formar os líderes e os RHs que façam isto.

A pessoa certa para a função significa aquela cuja missão, visão, valores, talentos inatos e competências adquiridas se alinham muito com a missão, visão, valores, talentos e competências da organização e requeridos para a função que ocupa. Se alinham significa que existe identificação, paixão, motivação, engajamento e comprometimento.

Dizem os investigadores de tendências que no futuro as pessoas serão contratadas pelo que melhor sabem fazer, pelo tempo que dure o projeto em que fizerem parte. E poderão fazer parte de vários projetos simultâneos. Trabalharão em equipes multidisciplinares e dinâmicas, sem hierarquias ou estruturas rígidas.

Cada um deverá ser líder de si mesmo, saber trabalhar em equipe em prol da organização mas também de um mundo cada vez melhor para todos. Cada um assumirá ser líder porque isto significa usar conscientemente do seu poder de influenciar e inspirar os demais, e de ensinar o que aprendeu.

Na minha percepção, a organização internacional Condor Blanco, com sede no Chile, é uma das poucas organizações que já tem várias destas características, e por isto por vezes as pessoas estranham mas quando compreendem as vantagens e benefícios, se dispõem a mudar de cultura.

Gestão de Talentos é um dos temas mais fascinantes e uma das maiores necessidades do mundo atual e futuro.

Acompanhe meus artigos, newsletters, canal youtube, cursos e livros para aprender mais sobre o assunto e para saber como este método pode ajudar você, sua família, seus amigos, sua equipe de trabalho e sua comunidade.

Estou aqui com minha equipe para apoiar você a dar o salto quântico!

Abraço nos seus talentos!